O CNPJ E O PASTOR DA IGREJA

05

maio

Na maioria das igrejas o pastor é o presidente, e responde por ela enquanto outra ata de posse de outro pastor não for enviada para a receita federal.


 

Quando a igreja é legalizada e possui o CNPJ, (Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica), no momento que a ata de posse do pastor é entregue na Receita Federal ele é o responsável legal e seu representante. Na maioria das igrejas o pastor é o presidente,  e responde por ela enquanto outra ata de posse de outro pastor não for enviada para a receita federal. Caso ele não seja o presidente da igreja fica responsável o presidente no cargo.

Há muitas igrejas cujo pastor já saiu a mais de 2 anos, e já tomou posse de outra igreja, e como a sucessão pastoral, da qual ele pastoreava anteriormente, se alongou, ele é responsável juridicamente pela igreja.  Ele continua responsável perante a Receita Federal, só que ele não sabe. Há casos com muito mais tempo. Há igrejas que já tiveram duas sucessões pastorais e não foi feito o procedimento legal.

O mesmo acontece com pastores, ou pessoas que que assumiram a presidência de seminários, a associações e subseção. Por exemplo a Ordem dos Pastores Batistas do Brasil, Seção Fluminense e SubSeção Serra dos Órgãos. Enquanto não for enviada a ata de posse do novo presidente o responsável, perante a Receita Federal, será o último presidente.

Pastores devem ficar atentos e também as igrejas para que a sucessão não se alongue e depois da posse do outro pastor mandar a ata imediatamente para a Receita Federal. Fica o alerta de que há igrejas cujos atas de posse não foram enviadas a Receita Federal e o pastor, ou presidente anterior, continuam respondendo por ela legalmente.

 

Pr. Roque Carvalho

 



Comente: