O REI DOS REIS

06

fev

Ele é o mesmo ontem e hoje e será o mesmo eternamente, SEU AMOR NUNCA MUDA, SEU CARÁTER NUNCA MUDA, SUA JUSTIÇA NUNCA MUDA


 

O titulo de rei foi e é atribuído a personalidades que impressionaram o mundo pelo que fizeram. A exemplo temos: Michael Jackson – o rei do Pop. Elvis Presley, o rei do Rock. Edson Arantes do Nascimento, Pelé, o Rei do Futebol. Michael Jordan, o Rei do Basquete. Michael Schumacher, o Rei da Fórmula 1. Nenhum destes reis reinam mais, alguns aposentados, outros ultrapassados e outros já morreram.

Sobre o Rei dos reis há uma profecia em seu nascimento, cujo reinado jamais seria ultrapassado ou finalizado: “… e ele reinará para sempre;… seu Reino jamais terá fim” (Lucas 1.33). Tinha razão o conquistador fracassado, Napoleão Bonaparte, falando de Jesus Cristo com o General Bertrand na Ilha de Santa Helena: Conheço os homens, e garanto-te que Jesus Cristo não foi simplesmente um homem.” Apaixonei as multidões que morriam por mim; mas era indispensável minha presença, a chama do meu olhar, minha voz, uma palavra minha… Agora que estou em Santa Helena, só e exilado neste rochedo, onde estão os cortesãos do meu infortúnio? Onde estão os que me acompanhavam? Para onde foram os meus ministros? Quem se recorda de mim? Quem se move por mim na Europa? Onde estão os meus parentes, os meus amigos? Que abismo tão grande entre a minha profunda miséria e o reino de Jesus Cristo, mais e mais louvado, a cada dia mais amado, sempre e para sempre adorado em todo o Universo!”

 

Os reis passam e os conquistadores também. A diferença entre Jesus Cristo e os outros reis é muito grande:

 

O seu nascimento foi sem igual: Era um rei, mas nasceu como um plebeu, num dos menores países do mundo, na menor cidade de Israel, numa manjedoura, entre pastores do campo, nasceu de uma virgem

 

Sua vida foi sem igual: Ele dá a paz que mundo não pode dar, dá força ao cansado, ressuscita os mortos, acolhe os inacolhíveis, acalma o coração aflito, liberta os cativos, promete a vida eterna, cura os enfermos

Ele é o mesmo ontem e hoje e será o mesmo eternamente, SEU AMOR NUNCA MUDA, SEU CARÁTER NUNCA MUDA, SUA JUSTIÇA NUNCA MUDA: “Jesus Cristo é o mesmo, ontem, hoje e para sempre”, (Hebreus 13.8)

Seus títulos são sem igual: Ele é Senhor da Glória, é Rei dos reis, Senhor dos Senhores, é o Caminho a Verdade e a Vida, é a Luz do mundo, é Água da vida, é o Pão da vida.

O seu poder é insuperável: O mar lhe obedece, os ventos se calam a sua voz, ressuscita os mortos, dividiu a história em duas partes, sua bondade não tem limites, sua graça é maravilhosa, sua justiça é perfeita, sua palavra é poderosa, seu reinado é para sempre, seu julgo é suave, e seu fardo é leve fácil de carregar. Ele é indescritível.

 

Sua morte foi sem igual: Morreu numa cruz de braços abertos, e não de braços cruzados num caixão, os céus escureceram quando ele expirou na cruz. Mas, ressuscitou, Ele venceu a morte, sepultura não conseguiu segurá-lo, venceu o império romano, venceu o Diabo, Herodes não o conseguiu matar, Pilatos não encontrou nada contraditório nele, o tempo os críticos não conseguiram apagar a sua luz.

Seu amor foi e é sem igual: Ninguém amou como Jesus. Ele amou até as últimas consequências: Nisto conhecemos o que é o amor: Jesus Cristo deu a sua vida por nós... (1ª João 3.16). Ele não esperou que fossemos bons para nos amar, ele simplesmente amou: Mas Deus demonstra seu amor por nós: Cristo morreu em nosso favor quando ainda éramos pecadores, (Rm. 5.8)

O seu nome é sobre todo o nome: “Deus o exaltou sobremaneira e lhe deu o nome que está acima de todo nome, para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho, nos céus, na terra e debaixo da terra, e toda língua confesse que Jesus Cristo é Senhor, para glória de Deus Pai». (Filipenses 2.5-11)

 

Jesus é o Rei dos reis, e reinará para sempre.

 

Pr. Roque Carvalho



Comente: