OBRIGAÇÕES QUE TODAS AS IGREJAS PRECISAM CUMPRIR

24

mar

Todas as igrejas precisam estar em dia com obrigações anuais, regulares e mensais, evitando que que sejam autuadas por órgãos fiscalizadores.


Todas as igrejas precisam estar em dia com obrigações anuais, regulares e mensais, evitando que que sejam autuadas por órgãos fiscalizadores.

Todas as igrejas devem:

Apresentar anualmente a RAIS (Relação Anual de Informações Sociais) ao Ministério do Trabalho e Emprego, ainda que negativa, ou seja, mesmo que não tenha empregados em determinado período, sob pena de multa.

Apresentar anualmente a DIRF (Declaração de Imposto de Renda Retido na Fonte) à Secretaria da Receita Federal do Brasil, sempre que houver retenção de imposto de renda sobre salários, aluguéis, proventos ministeriais ou de qualquer evento, sob pena de pagamento de multa.

Apresentar anualmente a DIPJ (Declaração de Imposto de Renda Pessoa Jurídica) à Secretaria da Receita Federal do Brasil, ainda que negativa, sob pena de pagamento de multa.

Apresentar regularmente, de acordo com instruções, a DCTF (Declaração de Contribuições de Tributos Federais) à Secretaria da Receita Federal do Brasil, sempre que houver retenção de imposto de renda sobre salários, PIS sobre a folha de pagamento, aluguéis, proventos ministeriais ou de qualquer evento, sob pena de pagamento de multa.

Apresentar mensalmente, ou de acordo com instruções pertinentes, a GFIP (Guia de Recolhimento do FGTS e de Informações à Previdência Social), ainda que sem movimento, à Caixa Econômica Federal, sob pena de pagamento de multa.

Pr. Roque Carvalho

(Artigo adaptado de Jonatas Nascimento, Pag 48,  Cartilha da Igreja Legal)



Comente: